Moisés

13524458_660489447435041_5972027401264252224_n

   1 de Julho 2016, Lisboa

Ontem conheci o Moisés. Estava sentado nas escadas do costume, à espera que o tempo passe, enquanto se lembra da família que está longe, pelo mundo. É tudo muito difícil, disse-me várias vezes, mas ele queria conhecer esse tal de mundo, queria ser jornalista. Estudou enquanto havia dinheiro, mas o dinheiro não era coisa fácil de haver.

Ontem perdi-me com os desabafos de quem não consegue fazer amigos em Lisboa, é tudo muito difícil. Tudo muito difícil, Ana. Ao final da noite, um cão mordeu-o no braço, ficaram três pontinhos elevados na pele, ficará cicatriz. Ao que parece, o cão havia sido vítima de maus tratos e abandonado por um homem negro, reagindo à defesa a todos os que encontra parecidos com ele. O Moisés ficou tão triste, só lhe queria dar uma meiguice e acabou mordido.

-Sabes o que é isto Ana?

– Diz-me Moisés.

– Não fiz mal, tu viste. Tentei fazer algo bom, acabei mordido. Sabes o que é isto, Ana? Isto é só a vida.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s