Los Feliz (português)

14435206_701888829961769_9135885608074416819_o

 Los Angeles, 22 de Setembro 2016

Por onde hei de começar?

Em primeiro lugar, isto de estar oito horas atrasada, ainda não me assentou bem. Sinto que chego atrasada a todas as vossas mensagens e os telefonemas de bom-dia aos meus pais estão um bocadinho descoordenados.

Estão 28 graus, 80 e tal por cento de humidade, faz sentido que toda gente ande tão descascada. Nas estradas só se veem grandes carros, vidros fumados e umas limousines aqui e acolá.

Nos primeiros 5 minutos que saí de casa vi um actor a atravessar a estrada, não me lembro o nome dele mas é de uma série qualquer engraçada, usa óculos e é cheiinho. Pelos vistos é super normal ver gente conhecida, já que a casa onde estou é super perto de Hollywood.

As pessoas são super atenciosas e simpáticas, há um ar fashion misturado com um estilo super relaxado em todo lado. O trânsito aqui não me assusta, as avenidas são super largas, os carros sabem comportar-se, há que lembrar que já vivi em Roma, por isso comparado ao que vivi lá, Los Angeles sabe-me a céu da estrada.

Há palmeiras em todo lado, a cidade é rodeada de montanhas e os bairros tipicamente americanos, verdes, cheios de casas incrivelmente bonitas (pelo menos na zona onde estou) fazem esquecer o facto de se estar no meio de uma cidade gigante.

Hoje fomos procurar sítios para filmar uns vídeos para a Owlascend, uma coisa simples só para ajudar os utilizadores a entenderem do que se trata, e acabei por ir ao Griffith park e consequentemente ao Griffith Observatory, que além de ser grátis, tem uma vista do outro mundo sobre a cidade. Lá assisti a um espectáculo lindo sobre o Espaço e a mitologia Vicking. Aqui é super fácil ser-se vegetariano, a comida nos sítios a que fui era absolutamente incríiiiiivel mas sim, já vi Mac Donalds!

Isto ainda me parece tudo um sonho, não há dúvida que o choque cultural é imenso, ainda que estejamos tão familiarizados com os EUA, graças à indústria dos filmes. Sinto que toda a minha vida dava um grande filme, mas todos temos essa impressão,não é?

Pelos vistos aqui não se janta, mas como tenho estômago de portuguesa, vou me fazer ao prato!

O bairro onde estou hospedada chama-se Los Feliz, acredite-se ou não em coincidências, faz sentido

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s